Nossos Talentos - UTP - Universidade Tuiuti do Paraná

Quinta-feira, 24 de Junho de 2010

“A ex-aluna do curso de Design de Moda da UTP Maria Francisa Santos, que recentemente terminou os estudos na Parsons The New School for Design, em Nova York, venceu o concurso da “Avant Garde Accessories”, com Cristais Swarovsky. Maria criou uma bolsa inspirada num tipo de estampa indiana (cashemires). “Criei uma peça com várias utilidades. Minha bolsa tem várias opções de uso. Pode se transformar num cinto, num colar, numa tiara e em várias bolsas.” Vinte e cinco alunos da Parsons se inscreveram na competição e criaram colares, protetor de orelhas, meias e bolsas. Todas as peças foram costuradas e montadas em oficinas. “A paixão por bolsas e sapatos me levou a participar do concurso da Avant Garde Accessories, onde a missão era desenvolver um acessório com Cristais. Tivemos acesso a um show room com milhares de cristais, couro e vários componentes. A criação rolou solta.” Maria Francisa pretende ficar nos estados Unidos até o final deste ano e então retornar ao Brasil. “O mercado brasileiro da moda atualmente está em expansão, mais do que nos estados Unidos. Lá, por conta da recessão, está mais difícil de trabalhar com moda, a indústria do luxo”, explica Maria que veio ao Brasil recentemente para visitar a família. Fonte: Imprensa UTP, publicada no dia 17 de junho de 2009. ”


Maria Francisa Santos

Ex-aluna de Design de Moda

Quinta-feira, 24 de Junho de 2010

“A egressa do Mestrado e Doutorado em Comunicação e Linguagens da Universidade Tuiuti do Paraná (MDCL) e integrante do GP Cibercultura Michelle Sprandel da Silva, lançou o livro Webmarketing: Processos interativos no site Barbie.com. A obra é resultado da dissertação de Mestrado de Michelle, defendida na UTP, em 2008. O prefácio foi escrito pela professora Dra. Adriana Amaral, que orientou a dissertação e a orelha foi escrita pela professora e pesquisadora da Feevale, Dra. Sandra Montardo, que participou da banca de defesa. Em Webmarketing: processos interativos no site Barbie.com, Michelle contribui em muitos sentidos para a área de estudos da Cibercultura e para o mercado da Comunicação Digital. Em termos acadêmicos, a autora demonstra habilidade intelectual ao propor um arranjo teórico que relaciona a Cibercultura, a Comunicação e os processos interativos próprios da comunicação digital. Em seguida, elabora uma análise empírica a partir desse referencial teórico do site da Barbie.com. A autora - Michelle Sprandel é Mestre em Comunicação e Linguagens pela UTP/PR (2008), Pós- graduada em Gestão de Marketing e graduada em Comunicação Social. Possui experiência nas áreas de Comunicação, Marketing, Publicidade e Propaganda atuando nos segmentos de prestação de serviço e comunicação digital. Pesquisadora da área de Comunicação, Cibercultura, Publicidade on-line, Marketing, Webmarketing. Atualmente é professora do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SENAC/SC e da Universidade do Contestado - UnC. Também atua como Consultora de Comunicação Digital e Webmarketing. Fonte: Blog dos Alunos e Professores do MDCL - UTP-PR (http://mclpublica.blogspot.com/2009/09/ex-aluna-do-mdcl-lanca-livro-sobre.html) Por: Imprensa UTP, publicada em 24/09/2009. ”


Michelle Sprandel da Silva

Ex-aluna do Mestrado e Doutorado em Comunicação e Linguagens

Quinta-feira, 24 de Junho de 2010

“O ex-aluno do curso de Direito da Universidade Tuiuti do Paraná Mário Dittrich Bilieri foi aprovado no último concurso para Juiz Substituto no Paraná. Bilieri identificou-se com a carreira da Magistratura já na faculdade e desde então, concentrou-se nos estudos para alcançar seu objetivo. “A preparação para o concurso é algo gradativo. Primeiramente, levei com seriedade o curso de formação, após a formatura, além de estudar diariamente, fiz curso preparatório”, conta Bilieri, que se formou em 2005. “Durante muito tempo pensei que tivesse inclinação para o Ministério Público. No entanto, durante meu crescimento profissional, fui me identificando cada vez mais com a atividade desenvolvida pelo juiz.” Bilieri conta que durante o período em que estudou na UTP teve grandes professores que, em diversos aspectos, foram responsáveis tanto pelo seu desenvolvimento profissional, quanto pessoal. Fonte: Imprensa UTP, publicada em 04/08/2009. ”


Mário Dittrich Bilieri

Ex-aluno de Direito

Quinta-feira, 24 de Junho de 2010

“O ex-aluno do curso de Jornalismo da UTP João Guilherme Brotto recebeu menção honrosa do 4º Prêmio Imprensa de Educação ao Investidor. Brotto recebeu a menção na categoria Revista pela reportagem “Os 5 maiores erros que os investidores cometem”, publicada em outubro de 2009, na revista “Investmais”. “Nesta matéria peguei opiniões de alguns economistas renomados a respeito dos erros que não podem ser cometidos pelos profissionais desta área e fiz uma compilação. Estou surpreso com este acontecimento. Não ganhei o prêmio principal, mas fiquei feliz por esta menção num evento que vai reunir grandes profissionais da mídia.” O Prêmio Imprensa de Educação ao Investidor – foi criado com o objetivo de colaborar com a educação financeira ao estimular a imprensa a veicular matérias e reportagens que, de modo didático, esclareçam as oportunidades e os riscos dos diversos investimentos disponíveis para pessoas físicas, auxiliando a formar investidores mais conscientes dos riscos e oportunidades presentes no mercado de capitais. Mais informações sobre o Comitê Consultivo de Educação no site: http://www.comitedeeducacao.cvm.gov.br/ Fonte: Imprensa UTP, publicada em 29/03/2010. ”


João Guilherme Brotto

Ex-aluno de Jornalismo

Quinta-feira, 24 de Junho de 2010

“O Bacharel em Letras, ex-aluno da Universidade Tuiuti do Paraná, Luiz Carlos Oliveira é responsável pelos roteiros das peças “Como enlouquecer seu professor” e “Orquestras de Senhoritas”, ambas em cartaz no Festival de Curitiba. Segundo Oliveira, “Como enlouquecer seu professor” é uma adaptação de uma obra francesa que discute principalmente a relação entre professor e aluno. “Como eu também sou professor, tive a ideia de adaptar a obra para discutir esta temática educacional através de uma comédia dramática.” A peça mostra um professor despreparado, uma aluna problemática e uma conflitante governanta numa relação que envolve os valores da educação. Uma comédia do Teatro do Absurdo. Oliveira também é responsável pelo roteiro da peça “Orquestras de Senhoritas”, outra obra francesa adaptada que está no Festival de Curitiba. “O diferencial desta peça é que todos os personagens são mulheres encenadas por homens.” Fonte: Imprensa UTP, publicada em 23/03/2010. ”


Luiz Carlos Oliveira

Ex-aluno de Letras