A CPA da Universidade Tuiuti do Paraná tem como missão avaliar, analisar e informar resultados, considerando a plenitude dos processos acadêmicos da instituição, cumprir as determinações legais e contribuir com a melhoria da qualidade dos serviços de ensino, pesquisa e extensão ofertados.

Os objetivos do processo de avaliação podem ser divididos em:

OBJETIVOS GERAIS
  • Atender ao previsto na Lei n.º10.861 de 14 de abril de 2004, que criou o Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior, SINAES;
  • Atender ao previsto na Portaria MEC n.º 2.051, de 09 de julho de 2004, que regulamenta os procedimentos de avaliação do SINAES;
  • Subsidiar o processo decisório, especialmente em relação às correções de instrumentos e processos de gestão;
  • Subsidiar a elaboração de planos, programas, projetos e atividades, como o PDI, visando à realização de ações saneadoras;
  • Acompanhar as ações determinadas pelos objetivos institucionais.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
  • Atender às determinações advindas da lei do SINAES;
  • Avaliar, de forma integrada, as atividades de ensino, pesquisa e extensão da UTP;
  • Analisar as auto-avaliações realizadas pelos cursos da UTP;
  • Analisar os dados sobre o desempenho dos estudantes da UTP no ENADE;
  • Analisar as avaliações externas dos cursos e da UTP;
  • Avaliar, de forma integrada, as atividades de planejamento e gestão da UTP;
  • Analisar as avaliações das atividades de planejamento e gestão da UTP;
  • Avaliar a percepção da comunidade interna sobre a UTP;
  • Analisar as avaliações de percepção da comunidade interna sobre a UTP;
  • Avaliar a percepção da comunidade externa sobre a UTP;
  • Analisar as avaliações de percepção da comunidade externa sobre a UTP;
  • Avaliar o desempenho dos egressos no mercado de trabalho;
  • Analisar as avaliações de desempenho dos egressos no mercado de trabalho;
  • Apresentar relatórios com sugestões após cada avaliação e análise executadas;
  • Identificar deficiências e suas causas;
  • Aumentar consciência pedagógica e capacidade profissional do corpo docente e técnico-administrativo;
  • Aprimorar vínculo da instituição com comunidade;
  • Fornecer subsídios para decisões da alta administração;
  • Fornecer informação para planejamento institucional;
  • Divulgar os resultados consolidados;
  • Fazer um balanço critico do processo de avaliação.