PORTAL UTP
2016-11-07-PHOTO-00000005

Aluna de Direito da Tuiuti é vice-campeã mundial de Punhobol

Cristiane de Souza Huaska é aluna do 4º período do curso de Direito da Universidade Tuiuti do Paraná e jogadora da seleção brasileira de Punhobol, vice-campeã mundial.

O Campeonato mundial feminino aconteceu do dia 25 a 30 de outubro, em Curitiba e a final foi entre Brasil e Alemanha. O resultado foi de 4 sets para a Alemanha e 2 para o Brasil, classificando o time brasileiro em segundo lugar.

Sobre como foi participar do campeonato, Cristiane disse: “Foi uma experiência única ficar entre os dois melhores do mundo no esporte que eu escolhi e ainda mais com minha família prestigiando, não tem preço!”

Cristiane conheceu o Punhobol aos 14 anos, por intermédio de uma amiga e logo entrou para o seu primeiro time: o Clube Rio Branco. Hoje, ela treina no Clube Curitibano e faz parte da seleção brasileira feminina de Punhobol, em que joga na categoria adulta feminina.

O QUE É PUNHOBOL?

O Punhobol (faustball, em alemão, ou fistball, em inglês), é um esporte coletivo semelhante ao voleibol. É seu precursor, com a diferença de ser jogado em um campo de grama que mede 50 m x 20m, com cinco jogadores de cada lado, podendo também ser muito maior do que uma quadra de vôlei.

O campo é dividido ao meio por uma rede ou cabo. Todas as jogadas são efetuadas com o punho fechado e as defesas são feitas com o antebraço. O país que mais pratica o esporte é a Alemanha.

Hoje, no Brasil são disputadas copas e campeonatos em todas as categorias: desde a mirim (13 anos) até veteranos (dividida em duas categorias: acima de 35 anos ou 45 anos), incluindo também a infantil (até 16 anos), juvenil (até 18 anos), júnior (até 21 anos) e adulto (sem idade para iniciar ou terminar participação). É um esporte altamente intuitivo para aplicação em escolas.

Tweet about this on TwitterShare on FacebookGoogle+

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!