PORTAL UTP
IMG_1219

Direito promove júri simulado sobre o julgamento de Otelo de Shakespeare

No último sábado (22), o curso de Direito da Universidade Tuiuti do Paraná realizou um Júri Simulado sobre o Julgamento de Otelo (livro de William Shakespeare), com a participação de alunos de todos os períodos.

A atividade aconteceu com dois tipos de júri: o brasileiro, em que os jurados não podem se comunicar e o americano, em que a comunicação é permitida. Ao final, o brasileiro decidiu pela absolvição de Otelo e o americano pela condenação do mesmo.

A entrada para o evento era um produto de higiene pessoal e a doação será para a carcerária feminina. Cerca de 130 pessoas assistiram ao simulado.

Pra valer – O evento serviu como um preparatório para o júri final que acontecerá no dia 19 de novembro, no Tribunal do Júri de Curitiba, entre os alunos da UTP e da FAE. Na data será feita uma encenação do Julgamento de Otelo com atores e estudantes das respectivas faculdades.

Para o professor Murilo Jorge, que está acompanhando os alunos em toda a preparação, trata-se de um evento que quem participa aprende muito. “Além das diferentes visões que podemos obter num julgamento como o de Otelo.”

Quem for assistir ao júri simulado receberá o livro traduzido de William Shakespeare: Otelo, o Mouro de Veneza. A entrada será R$ 25,00 e uma parte da arrecadação dos ingressos será doada para uma instituição de caridade.

 Um pouco sobre a história do julgamento de Otelo
A obra escrita entre os anos de 1599 a 1604 é uma das peças mais encenadas de William Shakespeare. A história trágica conta a história do general mouro Otelo ao serviço de Veneza, e que se apaixona à primeira vista por Desdêmona, a filha de Brabâncio um dos senadores mais poderosos da cidade.

O amor é correspondido e Otelo, de volta à Veneza após uma longa batalha, se casa com Desdêmona, mas de maneira sigilosa. O pai, ao saber do enlace dos dois, fica furioso, mas acaba perdoando a filha. Os dois parecem viver na mais plena harmonia, quando Otelo, o sábio e discernido general, acaba sendo envenenado pelo personagem Iago, que o invejá em diversos aspectos.

Iago por meio de um plano diabólico, mas muito eficaz, faz Otelo crer que sua adorada esposa Desdêmona o está traindo com Cássio, outro personagem da história. Otelo cego e envenenado pelo ciúme, torna – se um homem descontrolado e acaba matando Desdêmona, movido pela manipulação ardilosa e cruel de Iago, que ainda recebe a ajuda de sua esposa, que era dama de companhia de Desdêmona.

IMG_1216IMG_1169

 

Tweet about this on TwitterShare on FacebookGoogle+

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!