PORTAL UTP
post

Tarde de autógrafos na Tuiuti reunirá idosos e adolescentes da Oficina da Linguagem

Na próxima quarta-feira (30), 19 idosos e 20 adolescentes participantes da Oficina da Linguagem da Tuiuti lançarão olivro HISTÓRIAS ENTRE GERAÇÕES (o 10º do grupo) e o ebook DÊ TRELA PARA A VELHICE (o primeiro do grupo). Os autores irão autografar os trabalhos, a partir das 18h, entre os blocos A e B.

O livro foi organizado em função de uma parceria estabelecida entre a Oficina da Linguagem da Tuiuti e a ONG Semenado a Paz. Trata-se de um trabalho intergeracional escrito por idosos e adolescentes. Já oebook envolve relatos pessoais de idosos sobre o próprio envelhecer e foi editado em ambiente virtual, seguindo a solicitação dos próprios idosos. “Eles manifestaram o desejo de fazer uso de novas tecnologias para manterem-se antenados às redes sociais, por meio dos recursos da computação”, contou a professora responsável pelo projeto, Giselle Massi.

Os dois lançamentos são frutos de atividades dialógicas que, atreladas à Linha de Pesquisa Promoção da linguagem nos contextos da saúde e da educação do Programa de Mestrado e Doutorado em Distúrbios da Comunicação (PMDDC) da UTP tem como objetivo promover letramento  junto a pessoas que, de alguma forma, demandam um trabalho com a linguagem. As professoras Giselle Massi, Ana Cristina Guarinello e Ana Paula Berberian acompanharam todo o processo de criação.

Como tudo começou – A Oficina da Linguagem nasceu em 2006, quando um grupo de pessoas idosas demonstrou o desejo de contar suas histórias de vida. “Esse desejo, de tão genuíno, nos contagiou e nos brindou com a organização de um trabalho que tem sido reconhecido como Oficina da Linguagem. Por meio dele, ouvimos diversos relatos pessoais, que têm nos levado a refletir sobre a necessidade de a velhice ser ressignificada. Pois, só assim ela poderá se mostrar em sua plenitude, sem que dela seja subtraída ou acrescentada nada além do que as possibilidades e as dificuldades inerentes à própria existência. Em outras palavras, trata-se de um trabalho que nos permite entender a velhice como uma parte da vida que envolve dilemas, contradições, regozijo e desejo”, explica Giselle.

Desde 2006, já foram publicados dez livros que reúnem escritas de narrativas pessoais em torno de vários assuntos como: músicas, imagens fotográficas, memórias e brincadeiras de infância. “Esses livros foram elaborados por pessoas interessadas em deixar um legado a quem se interessar pelo elo que une, de forma inexorável, passado, presente e futuro.”

Sobre a Oficina da Linguagem

O objetivo é promover e verificar a eficácia das práticas fonoaudiológicas relacionadas à linguagem, junto às pessoas nessa faixa etária e adolescentes. O resultado dos encontros vem sendo registrado em livros. Desde 2005, a UTP promove esses encontros que resgatam as experiências de vida dos participantes. Entre os temas dos livros passados estão: As mudanças ao longo de suas vidas e como é possível envelhecer de uma forma bem vivida; O papel da escrita no processo de envelhecimento; Atividades desenvolvidas ao longo da vida, desde o primeiro emprego até a aposentadoria; O que é envelhecer e as músicas que marcaram de alguma forma a vida deles.

Tweet about this on TwitterShare on FacebookGoogle+

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!