PORTAL UTP
2016-10-28-PHOTO-00000070

Uma história de superação

A aluna do curso de Enfermagem na Universidade Tuiuti do Paraná Diocelia Boico vivia sua rotina normal, até fazer um autoexame na hora do banho e sentir um nódulo nos seios. Aos 37 anos, após os exames indicados, veio a confirmação: um câncer de mama. Como esperado, o medo tomou conta dela.  Junto dele, o momento doloroso para todas as mulheres que é perder os cabelos tão bem cuidados há anos. Entre dúvidas e aflição, uma amiga lhe trouxe luz ao apresentar a ONG Atitude na Cabeça.

Desde 2013, a ONG e a Tuiuti realizam o Outubro Rosa e este ano não foi diferente: arrecadaram 9 kg de cabelos, que geraram 22 perucas para pessoas com câncer.  Diocélia não pôde participar do evento, mas foi até a ONG na expectativa de recuperar a autoestima. “Falei com a Suely Maria Baldan coordenadora da ONG, uma mulher incrível! Parece que ela sabia tudo sobre mim, que sabia exatamente o que estava se passando”, diz.

Antes que os cabelos caíssem, a aluna doou as madeixas e junto da Suely começaram a busca por uma peruca fashion. “A Sueli parou tudo o que estava fazendo e passou a me mostrar diversas perucas de cabelo natural. Quando cheguei lá, experimentei inúmeras: loiras, ruivas, lisas, encaracoladas e de repente ela foi até outro cômodo e veio com uma peruca na mão que era igualzinha ao meu cabelo, até chorei”.

Além da peruca, a universitária ganhou mais sete lenços coloridos e após isso acabou tendo coragem para raspar a cabeça e viver a nova fase com mais confiança. “Acho que a parte mais difícil desse diagnóstico é o tratamento, a perda dos cabelos, o medo, a vergonha de ir aos locais públicos e ver teu filho, uma criança, tentando te consolar”, confessa Diocélia.

Emocionada, ela conta que mesmo com os obstáculos e o medo, nunca pensou em se isolar ou desistir.  “Continuei fazendo tudo o que fazia, indo pra faculdade e trabalhando. Minha oncologista me deu um afastamento de seis meses, mas guardei e não me afastei de nada, continuo sendo eu mesma, apenas os meus cabelos me deixaram”.

A ONG – A Atitude na Cabeça arrecada doações de cabelos, perucas, lenços, chapéus e outros adereços para pacientes, especialmente da rede pública de saúde, com câncer ou crianças escapeladas. Todos os envolvidos no projeto, desde a captação dos cabelos até a confecção das perucas, trabalham de forma voluntária.

Tweet about this on TwitterShare on FacebookGoogle+

Deixe um comentário

1 Comentário em "Uma história de superação"


Visitante
Inajá lima
8 meses 4 dias atrás

Essa minha amiga é a “guerreira” sei q vai vencer e incentivar muitas outras pessoas a serem fortes como ela!