Núcleo de Estudos e Pesquisas Educacionais - NEPE - UTP - Universidade Tuiuti do Paraná

 


O Núcleo de Estudos e Pesquisas Educacionais do Curso de Pedagogia da Faculdade de Ciências Humanas, Letras e Artes da UTP, criado em 2001, tem como objetivos incentivar, dinamizar promover e desenvolver projetos e programas de estudos e pesquisas, envolvendo professores e alunos para a construção do conhecimento e a prática pedagógica.

A equipe de professores ligados ao NEPE pode ser considerada como um grupo emergente de pesquisa interdisciplinar. A construção do trabalho do NEPE se dá pelo engajamento pessoal da equipe, empenhada em implantar na UTP as novas dinâmicas de trabalho associadas à interdisciplinaridade enquanto método, e enquanto proposta de ensino, pesquisa e extensão, visando à promoção humana.

O Núcleo tem como finalidades:

  • Articular os três eixos (docência, pesquisa e gestão) do projeto didático- pedagógico do Curso de Pedagogia, por meio de projetos de pesquisas, grupo de estudos e atividades de extensão;
  • propor e incentivar pesquisas e grupos de estudos na área educacional, objetivando contribuir aos futuros trabalhos de conclusão de curso;
  • incentivar projetos relacionados ao Laboratório de Ensino, Pesquisa e Práticas Educacionais – LEPPE; ao NAMP, Núcleo de Atividades Lúdicas e Materiais Pedagógicos e ao LAR, Laboratório de Aprendizagem e Recreação; todos eles com apoio e divulgação;
  • divulgar a produção intelectual dos professores do curso, apresentando os resultados dos projetos de pesquisa, extensão e demais produções, por intermédio de publicações, palestras, conferências, seminários, cursos, home page entre outros;
  • divulgar, apoiar e incentivar a participação dos discentes em projetos e eventos acadêmicos científicos, ofertados não só pelo Curso de Pedagogia, mas também eventos institucionais;
  • manter parcerias com os cursos da Universidade Tuiuti do Paraná e outras instituições que viabilizem promover e divulgar a produção intelectual dos professores do Curso de Pedagogia.

Localização

O NEPE está localizado na sala 300, 3º piso, do bloco B. Possui um acervo de documentos oficiais e livros da área da educação. É um local utilizado para atendimento aos alunos em orientação de TCC, monitoria, iniciação científica e grupos de estudos.

Atividades Coordenadas pelo NEPE

Desde 2001, o Núcleo desenvolve uma série de atividades entre as quais estão os projetos de extensão permanente. De forma contínua e compartilhada, os mencionados projetos desenvolvem com os demais laboratórios do curso atividades de ensino, pesquisa, extensão e de intervenções, tais como:

  1. Atividades e Aulas/ de Campo;
  2. Cursos de Extensão:
    • Contribuição Didática Pedagógica para o Ensino de Solos – UFPR – Paranaguá – Seus aspectos históricos e seus problemas socioambientais: a partir de visitas técnicas ao Lixão de Paranaguá.
    • Oficina de Papel e Papelão, realizada na semana de Pedagogia – Participação do Artesão Acioli Favoreto;
    • Atividade de Percepção Ambiental e Trilha da Vida. – Apresentação Oral e de Pôster;
    • Semana de Pedagogia e outros Eventos;
    • Participações no Fórum Permanente da Agenda 21 do Paraná e da UTP – no Projeto Rondon;
    • No Dia da Livre Iniciativa e em todos os anos na Semana da Promoção Humana.

Projetos de pesquisa e intervenção:

O Projeto de Extensão EJA: UTP/Comunidade

Letramento com “ênfase nas questões socioambientais e desenvolvimento de habilidades em informática”.

O projeto em questão foi direcionado aos jovens e adultos da comunidade universitária e do entorno que não possuem escolarização completa nesse nível de ensino, preparando-os para a certificação dos estudos por meio da realização dos exames oficiais em Língua Portuguesa, Matemática, História, Geografia e Ciências, oferecidos pelo sistema público de ensino. Projeto ligado à Pesquisa Mestrado Educação.

O Projeto EMAC – Educação, Meio Ambiente e Cultura

Este projeto tem como objetivo desenvolver permanentemente atitudes e valores sociais, competências e habilidades voltados à educação e suas práticas, a saber: conservação/preservação do meio ambiente, da saúde, dos direitos humanos, entre outros, como cita o Artigo 1°do Capítulo I da Lei 9795 – Da Educação Ambiental.

Projetos de Extensão EMAC:

Contribuição didático-pedagógica para o Ensino de Solos em parceria com o Curso de Agronomia da Universidade Federal do Paraná.

Atividade desenvolvida pelas Professoras Maria Francisca Leffer e Maria Cristina Borges da Silva

Paranaguá – seus aspectos históricos e seus problemas sócio-ambientais: a partir de visitas técnicas ao Lixão de Paranaguá.

Oficina de Papel e Papelão, realizada na semana de Pedagogia – Participação do Artesão Acioli Favoreto.

Percepção Ambiental e Trilha da Vida

Apresentação Oral e de Pôster – Semana de Pedagogia e outros Eventos

Seminários de pesquisas dos projetos: Ecossistemas Urbanos Parques e Praças – Educação, Meio Ambiente e Qualidade de Vida, e da pesquisa, Letramento de Jovens e Adultos, com ênfase as questões sócio-ambientais. Atividades certificadas pelo NEPE – Núcleo de Ensino e Pesquisa em Educação.

Palestras Realizadas no seminário de Pesquisa Ecossistemas Urbanos:

Palestra realizada por Vinícius C. Souza, Jaqueline Marcondes e Rosangela Xavier.  Educação e Planejamento Urbano na cidade de Curitiba.

As práticas Espaciais no Centro Formal de Curitiba – palestra realizada, pela professora Maria Cristina Borges da Silva.

A importância Histórica e Turística do Passeio Público – Palestra realizada por Fabiana de Lucca – Curso de Turismo

A Rua 24 Horas- Projeto Arquitetônico, Paisagístico e Turístico – Uma opção que deu certo?  Durval Kaviski –  Curso de Turismo

A invisibilidade, Preconceitos e Planejamento Urbano na cidade de Curitiba Palestra realizada por Vinícius C. Souza, Jaqueline Marcondes e Rosangela Xavier.

Qualidade de Vida nos Parques de Curitiba – Mito ou realidade – Michelle Souza Júlio.

Palestras realizadas no Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos com ênfase nas questões sócio-ambientais:

Questões Sócio-Ambientais: ministrada pelas professoras Maria Cristina Borges da Silva e Regina Bergamaschi Bley.

Pesquisa- Ação: elementos para uma pesquisa em letramento: ministrada pela professora Wilma Fernandes Neves.

Estas atividades contaram com a participação de cerca de 40 alunos, dos cursos de Pedagogia, Turismo e Geografia. Os participantes são em sua maior parte, alunos voluntários do projeto de Pesquisa em questão.

No ano de 2009 o NEPE contribuiu para que diversas atividades institucionais e do curso fossem divulgadas e realizadas como atividades de pesquisa e extensão.São elas:

II Ciclo Educacional do Curso de Pedagogia da Universidade Tuiuti do Paraná – Ocorrido no período de 09 a 11/02 de 2009

I Seminário “Formação Humana e desenvolvimento: os desafios da sustentabilidade”, ocorrido em 21 de março de 2009.

II Seminário: Formação Humana para a Sustentabilidade: Políticas Ambientais e Educacionais, ocorrido em 29 de agosto de 2009

III Seminário: Formação Humana para sustentabilidade: Práticas Sustentáveis.

Grupo de Estudos em Piaget, Vygotsky e a avaliação da Aprendizagem, ocorrido durante o período de 26/09/2009 a 05/12/2009

Participação  de discentes e docentes em eventos:

- 5ª Reunião Extraordinária do Fórum Permanente da Agenda 21 UTP, realizada pela Pró-reitoria de Promoção Humana, no dia 19 de março de 2009.

- Reunião itinerante do Pacto 21 Universitário na UTP.

-  Fórum Permanente da Agenda 21 Paraná e na Agenda 21 UTP, participação da professora Maria Cristina Borges da Silva, para realizar discussão no Grupo Temático Agenda 21 – Pacto Agenda 21 Universitária,

- I Seminário Internacional de Ciência Tecnologia e Ambiente  – apresentação da professora Maria Cristina Borges da Silva do artigo completo intitulado “Os Desafios na formação Política e de Práticas Educacionais Sustentáveis: A contribuição das Agendas 21 nas Instituições de Ensino”.

O evento: III Conferência Regional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente – Etapa Preparatória para o Encontro Nacional, convênio MEC/FNDE 864011/07, a foi realizado no período de 01/04/2009 a 08/04/2009, no município de Curitiba, no Estado do Paraná. A finalidade do evento, que reuniu 54 (cinquenta e quatro) participantes, foi fornecer subsídios teóricos sobre o assunto a ser discutido durante a Conferência Nacional – “Mudanças Ambientais Globais”, propiciando assim a atitude responsável e comprometida dos delegados selecionados na Etapa Estadual, com as questões socioambientais locais e globais, com ênfase na participação social e nos processos de melhoria da relação  ensino/aprendizagem , em uma visão de educação integral.

- 31a. REUNIÃO DO FÓRUM PERMANENTE DA AGENDA 21 PARANÁ ocorrida na Secretaria de Educação do Paraná, com o Tema: Agenda 21 escolar

- Congresso da Federação das Mulheres do Estado do Paraná, onde foi debatido o tema: Mulher, Trabalho e Desenvolvimento, ocorrido no Hotel Caravelle, em Curitiba, totalizando 8 horas atividades. Neste evento a professora Maria Cristina teve oportunidade de realizar o painel: Habitação, Saneamento e Meio Ambiente: Direito de Morar.

- Círculos de Diálogos Nós Podemos Paraná, encontro que está em consonância com os Objetivos do Milênio.

- Curso de Formação de Multiplicadores em Agenda 21, no qual participaram, 66 alunos e professores de diversas instituições de Ensino Superior: Faculdades Camões, Faculdades Integradas Espíritas,Faculdade Evangélica, Pontifícia  Universidade Católica-PR, Universidade Federal do Paraná, Faculdade Santa Cruz .

-  Grupo de Estudos Políticas Educacionais e Socioambientais em 2009, a saber: Rafael Busato, Samuel F. Franco, Gisele Teles de Lima e André Fernandes Rosa e Ana Paula Roque, tiveram oportunidade apresentar em forma de banner o trabalho, intitulado Debatendo a Construção do Processo Participativo na Educação a partir da Agenda 21”, no Seminário Internacional – Experiências de Agenda 21 “ Os desafios do Nosso Tempo”

Ano 2010

- “Seminário Ações e Desafios do Curso de Pedagogia da UTP a Visão dos acadêmicos e egressos” - atividade coletiva para que todos os alunos do curso conhecessem melhor todas as atividades que são desenvolvidas no curso de Pedagogia, assim como, as diversas possibilidades que possuem ao optarem por escolher uma Universidade para sua formação acadêmica.

GEPESA – Grupo de Estudos em Políticas Educacionais e Socioambientais realizou a atividade de extensão: “Debatendo os por quês da Desordem Mundial”. O Objetivo do encontro foi socializar experiências e discutir as questões postas pelo autor Carlos Walter Porto Gonçalves.

Grupos de Estudos GEPESA – Grupo de Estudo em Políticas Educacionais e Socioambientais

O Grupo de Estudo em Políticas Educacionais e Socioambientais (GEPESA) reúne alunos e professores dos Cursos de Pedagogia, Geografia, Administração e Psicologia da UTP. O grupo está inserido no NEPE, Núcleo de Pesquisas Educacionais, do curso de Pedagogia.

O objetivo do GEPESA é aprofundar as reflexões acerca da formação profissional no âmbito dos cursos de graduação sobre a Educação para Sustentabilidade, investigando como os vários conceitos permeiam as diferentes formações. Para tanto, vários documentos têm sido analisados e amplamente discutidos. Entre eles podem-se citar os resultados de conferências e relatórios mundiais, leis, decretos, pactos que discutem um novo modelo civilizatório para gestão e planejamento. Estes documentos incluem todos os segmentos da sociedade, já que nenhum setor pode abster-se desta discussão. Na educação, anunciam a necessidade de inseri-los deste a Educação Infantil até a Pós-Graduação. Assim, há necessidade de implantar na formação profissional de todas as áreas de conhecimento discussões sobre sustentabilidade.


Responsável: MARIA CRISTINA BORGES DA SILVA
Campus: Prof. Sydnei Lima Santos (Barigui)
Telefone: (41) 3331-7640
Endereço: Rua Sydnei Antonio Rangel Santos, 238
Bairro: Santo Inácio
CEP: 82.010-330